Comparativo

Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Receba os artigos diretamente no seu email


Comparativo 1


Moto G 5G e Galaxy M51 são versões mais modestas de intermediários mais robustos das marcas que representam, mas com diferenciais que atraem um grande público.

Na bulha An” width=”115″ height=”95″/>




Samsung
24 Dez


ndice do comparativo

Design

Motorola Moto G 5G

O Moto G 5G tem um visual nitidamente mais simples que a edição Plus. A fundura está mais compacta, só que o corpo ficou mais largo e pesado. Do outro lado, o Galaxy M51 é um A71 mais gordinho, pelo acréscimo na bateria. Os dois smartphones deste comparativo são similares no display com notch em forma de furo na tela e na construção em plástico, mas se diferenciam nas soluções de biometria.

Enquanto o dispositivo da Motorola tem o leitor de impressões digitais na tradicional tampa traseira, porquê já é característico da marca, a coreana preferiu inserir o sensor no botão de vigor. Detrás, ambos os conjuntos de câmeras ficam em módulos saltados no esquina superior esquerdo. Só que o Moto distribui as quatro lentes em quadrilátero, contra um visual em L da rival.

Samsung Galaxy M51

O Moto G tem slot compartilhado para microSD ou um segundo chip de operadora. Já o M51 oferece um espaço devotado para expansão de armazenamento, sem precisar da solução híbrida.

Pelo design mais contemporâneo, o Galaxy abre o placar com o ponto em design.







Melhor construçãoGalaxy M51
Slot é híbrido ou não?Galaxy M51
Possui alguma resistência?Nenhum
Melhor solução do notchAmbos
Melhor solução da biometriaGalaxy M51
Qual é mais ligeiro e mais fino?Nenhum


Multimdia e recursos

Tela

Comparativo 2

A Motorola cá manteve o pintura IPS LCD da versão Plus no Moto G 5G, com suporte a HDR10. Por sua vez, a Samsung utilizou o seu publicado Super AMOLED Plus para fortalecer a qualidade do M51, com cores vívidas, cintilação mais poderoso que o inimigo e contraste infinito, para um preto de verdade. Mas há semelhanças neste ponto: a solução é a Full HD+ nos dois casos, assim porquê a taxa de atualização de 60 Hz.

O HDR dos dois aparelhos tem suas limitações e somente funciona com serviços de streaming. O dispositivo da marca pertencente à Lenovo foca em tons mais frios de tela. Já o oponente coreano exagera na saturação de fábrica. Nos dois casos, dá para emendar ao mudar o perfil de cores para Procedente. O Galaxy ainda tem a vantagem de entregar um aproveitamento frontal maior que o do competidor, por conta das suas bordas mais finas.

Em tela, é mais um ponto para o celular da Samsung.






Melhor tecnologia de telaGalaxy M51
Melhor solução de telaNenhum
Melhor proporção tela/corpoGalaxy M51
Tela de Hz elevada?Nenhum
Qualidade universal da telaGalaxy M51

Som

Comparativo 3

O som não é um ponto possante em ambos os casos cá. O Moto G 5G manteve a risco da sua versão Plus e decepcionou no áudio, com seu único elevado-falante na secção subalterno. A potência é mediana e faltam graves e médios. Mas os vídeos ainda saem com voz limpa. Por sua vez, o Galaxy M51 também não oferece som estéreo, fornecendo somente a saída sonora embaixo. Os graves reforçados resultam em áudio mais furtado, além de a potência ser mediana e não ajudar em locais mais barulhentos.

A vantagem dos dois aparelhos é que vêm acompanhados de fones de ouvido aos usuários. Por mais que os acessórios não sejam similares a opções mais sofisticadas, conseguem uma experiência confortável e qualidade satisfatória.

Sem vantagem para nenhum lado, damos cá um empate.





Som é estéreo?Nenhum
Possui ingressão P2?Ambos
Possui protocolos de subida qualidade e ajustes para Bluetooth e fio?Nenhum
Vem fones de ouvido na caixa?Ambos

Sistema

Comparativo 4

Dos dois lados, é o Android 10 que sai da caixa para os dispositivos. No caso da Samsung, a One UI 2.5 do M51 não conta com vários dos recursos extras que vemos na risca A, por exemplo. Entre eles, estão a DeX sem fio ou o modo profissional em vídeo. Cá também não há o Tela Edge, aquele menu lateral para atalhos de apps.

Se, por um lado, a coreana capou a sua interface personalizada; por outro, a Motorola manteve uma de suas principais características: os gestos. O padrão da risco Moto G tem as famosas opções para ativar a câmera ao remoinhar o aparelho ou vincular a lanterna ao sacudi-lo. Ainda tem alguns controles para jogos, mas não chega a fazer tanta diferença na experiência. No universal, a fluidez está muito presente em todos os casos dos adversários do comparativo.

Pelos diferenciais de gestos, o Moto G 5G encosta no placar.





Sistema muito atualizado?Nenhum
Sistema será atualizado futuramente?Ambos
Qual sistema ou personalização tem mais e melhores recursos?Moto G 5G
Faltam conexões? Sobram?Ambos

Desempenho

Comparativo 5
Comparativo 6

Se o Moto G 5G tem um chip mais atual e moderno que o Galaxy M51, o resultado é um desempenho melhor, correto? Sim, mas com algumas ressalvas. Nos nossos testes de franqueza de apps, o smartphone da Motorola precisou de mais de cinco segundos supra do rival para concluir a primeira rodada. Mas a segunda que foi a decisiva. O aparelho da Samsung, com os mesmos 6 GB de RAM que o opoente, levou mais tempo para reabrir os aplicativos em segundo projecto. O resultado foi um tempo melhor para o Moto G.

O Snapdragon 750G também responde melhor que o 730G nos benchmarks. O AnTuTu registra mais de 90 milénio pontos a mais, enquanto o Geekbench mostrou números superiores tanto com um núcleo porquê no multi-core. Vale evidenciar cá que a plataforma usada pela Motorola tem suporte à conectividade 5G, porquê já diz no nome, tendo a particularidade porquê diferencial contra o oponente coreano.

Em jogos, os dois aparelhos respondem muito e conseguem rodar todos os jogos sem engasgos. Também é provável rodar até títulos mais pesados, porquê Call of Duty, muito próximo dos 60 fps.

Por ser mais rápido e ter 5G, o Moto G leva o ponto em desempenho.







Quem se sai melhor no teste de orifício?Moto G 5G
Quem leva a melhor nos jogos...

mais exigentes?
Ambos
Quem tem os melhores números de benchmarks?Moto G 5G
Qual o processador mais atualizado?Moto G 5G
Qual tem melhor estabilidade de RAM/processador?Moto G 5G
Qual tem mais armazenamento?Nenhum

Bateria

Comparativo 7
Comparativo 8

Em bateria, são 2.000 mAh a mais para o Galaxy M51. E a capacidade superior se traduz em mais tempo de autonomia. Nos nossos testes, o coreano ficou quase quatro horas a mais ligado que o da Motorola, com praticamente 29 horas de duração totalidade, contra pouco supra de 25 do Moto G 5G.

Se há uma bateria maior, leva também um tempo superior para recarregar, claro? Inexacto. O padrão da Samsung precisou de vinte minutos a menos que o opoente para encher por completo, mesmo com um carregador similar ao encontrado na risca A. Já o da Motorola tem que permanecer 2 horas e 10 minutos ligado na tomada para concluir o processo.

O Galaxy M51 leva o ponto com folga em bateria.





Qual tem mais bateria?Galaxy M51
Qual recarrega mais rápido?Galaxy M51
Qual dura mais de convenção com o teste de bateria do TC?Galaxy M51
Tem carregamento sem fio?Nenhum

Cmera

O conjunto de câmeras do Moto G tem um sensor a menos que o M51. Falta nele a câmera para desfoque, que está presente no rival coreano. Com o sensor principal, além da menor solução, as fotos da Motorola acabam por ter limitações pela presença de ruídos nas sombras e problemas de nitidez nas bordas das fotos. Já o da Samsung acerta mais no controle de ruídos e do nível de detalhes, com imagens nítidas até em ambientes fechados.

Já a ultrawide mantém nos dois o que já conhecemos de outros aparelhos. A qualidade baixa de forma considerável, em privativo nas fotos à noite. A câmera macro das duas chega muito perto do objeto que deseja fotografar, mas o Galaxy acerta mais na captação de detalhes. O diferencial do M51 fica para a câmera de desfoque, que ajuda a ter um modo retrato com poucas falhas e efeito persuasivo.

O celular da Samsung leva a melhor por ter conjunto mais completo e com maior qualidade.








Melhor conjunto de câmera traseiraGalaxy M51
Melhor DxOMark, se tiverNenhum
Melhores fotos noturnasGalaxy M51
Conjunto mais versátilGalaxy M51
Melhor ultrawideAmbos
Melhor teleobjetivaNenhum
Melhor macroGalaxy M51

Fotos tiradas com o Motorola Moto G 5G

Na gravação de vídeos, exclusivamente o Moto G 5G tem capacidade de filmar em solução 4K, com uma conquista de áudio muito limpa e sem ruídos do envolvente. Mas o da Samsung dá a opção da solução até mesmo na câmera ultrawide. Em ambos os casos, a qualidade chega perto do encontrado também nas fotos, com estabilização eletrônica para controlar os tremidos.

O M51 leva o ponto pela filmagem em 4K com a ultrawide.





Possui estabilização óptica?Nenhum
Possui estabilização eletrônica?Ambos
Grava em 4K a 60fps?Nenhum
Melhor em vídeoGalaxy M51

Fotos tiradas com o Samsung Galaxy M51

Em selfies, o pós-processamento da Motorola gera suavização, mas ainda assim acerta no tom oriundo da pele e em boa iluminação, já o Galaxy preserva os detalhes da pele e da roupa, com um modo retrato sem muitas falhas. Os dois sofrem mais em locais escuros, com perda de nitidez e dificuldade em identificar os planos. Em vídeos, ambos os conjuntos não passam de Full HD a 30 fps, com alguns problemas de tremidos e baixa nitidez à noite.

O celular da Samsung leva o ponto em selfies também.




Melhor conjunto de câmera frontalAmbos
Câmera frontal grava em 4K?Nenhum
Melhor selfieGalaxy M51

Preo

Chegamos no ponto que mais interessa aos consumidores. Qual leva a melhor em preço? O Moto G chegou ao Brasil por R$ 2.800, centena reais a menos que o rival da Samsung. Atualmente, os dois podem ser encontrados por valores na filete de R$ 1.900 nas varejistas brasileiras.

Por valores similares no mercado, comprar o aparelho da Motorola passa a ser mais vantajoso, por racontar com componentes mais atualizados e suporte ao 5G, que permitirá a você permanecer por mais tempo com o aparelho.

O Moto G 5G fecha o comparativo com o último ponto.



Qual teve melhor preço de lançamento?Moto G 5G
Qual tem melhor dispêndio-favor?Moto G 5G

Concluso

O Galaxy M51 foi o vencedor do comparativo, principalmente pela vantagem ocasião em câmeras. O celular da Samsung também é superior em bateria, o que já era esperado, no visual, pela construção mais moderna, e na tela, já que é difícil fustigar a qualidade do Super AMOLED fabricado pela coreana. Mas o Moto G 5G se mostrou melhor em desempenho em vários aspectos. Desde o software com mais recursos, passando pelo multitarefas mais rápido, até o suporte à conexão 5G, pensando já no horizonte.

Porquê os dois estão disponíveis no mercado pela mesma filete de preço, se o seu foco for em performance, o padrão da Motorola passa a ser uma escolha mais interessante. Já se a prioridade for as câmeras ou a bateria, a Samsung oferece um aparelho mais completo nos dois quesitos.

RESULTADO

Motorola Moto G 5G: 4 PONTOS

  • Empate em som
  • Melhor em software
  • Melhor desempenho
  • Melhor dispêndio-favor

Samsung Galaxy M51: 7 PONTOS

  • Melhor construção
  • Melhor tela
  • Empate em som
  • Melhor bateria
  • Melhor câmera traseira
  • Melhor em vídeos
  • Melhor em selfies

Agora, queremos saber de você: qual da dupla vale mais a compra neste momento? O desempenho superior vale mais que um conjunto de câmeras mais completo? Você pode interagir com a gente no espaço mais aquém.

(atualizado em 03 de maro de 2021, s 20:26)



Fonte