Anvisa estreita regras envolvendo o uso de máscaras nos aeroportos

Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

Receba os artigos diretamente no seu email


Anvisa estreita regras envolvendo o uso de máscaras nos aeroportos 1


Na última quinta-feira (11), a Escritório Pátrio de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu tornar mais rígidas as regras em torno do uso de máscaras nos aeroportos. Com as novas restrições, a partir do próximo dia 25 os aeroportos passam a não admitir bandanas, lenços, protetores do tipo face shield, máscaras de acrílico, máscara de plástico transparente e até mesmo as máscaras que possuem válvula de expiração.

Ainda assim, as máscaras de tecido poderão ser utilizadas, desde que possuam mais de uma categoria de proteção e tenham ajuste adequado. As alterações propostas pela própria Anvisa envolvem solução Nº. 456 de 2020, que trata de regras em aeroportos e aviões durante a pandemia. A máscara usada nestes espaços e veículos deve estar muito ajustada, cobrindo nariz e boca e sem espaço para ingressão de ar ou emissão de gotículas respiratórias.

Anvisa estreita regras envolvendo o uso de máscaras nos aeroportos 2
Com as alterações, aeroportos passam a não admitir bandanas, lenços, protetores do...

tipo face shield, máscaras de acrílico, máscara de plástico (Imagem: Arya Pratama / Unsplash)

“Para proteger a saúde do viajante, a máscara deve estar muito ajustada ao rosto, cobrindo o nariz e boca, sem aberturas que permitam a ingressão ou saída de ar e gotículas respiratórias. Com as alterações aprovadas nesta quinta-feira, os modelos que não garantam essa proteção não serão mais aceitos nos aeroportos e nas aeronaves”, diz a Anvisa, em nota.

De conciliação com a filial, o uso de máscara só estará dispensado nas praças de alimento, durante a repasto, para pessoas com transtorno do espectro autista ou que possuam deficiências que impeçam o uso ou para crianças com menos de três anos de idade. Já dentro dos aviões a retirada da máscara só é permitida para ingerir chuva ou para cevar crianças com menos de 12 anos.

A Latam já proíbe o embarque de passageiros que utilizem máscaras com válvulas ou que estejam exclusivamente com lenços, echarpe ou bandanas de tecido porquê proteção facial desde o dia 1º de março.

Nascente: Filial Brasil

Gostou dessa material?

Inscreva seu email no para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.



Fonte